Os 12 Pratos Típicos do Rio Grande do Norte

Não tem nada mais delicioso numa viagem que experimentar a gastronomia local, não é? Ainda mais quando essa viagem é para o Nordeste, com praias paradisíacas e uma culinária espetacular. Pensando nisso, selecionamos os pratos típicos do Rio Grande do Norte que são de dar água na boca!

Baião de Dois, Paçoca de Carne de Sol, Ginga com Tapioca – as comidas típicas do estado do Rio Grande do Norte são um prato cheio para quem ama a comida do Nordeste.

Então, que tal conhecer a culinária do povo do Rio Grande do Norte e se deliciar com as iguarias nordestinas? Vamos lá!

Guia completo para transformar sua viagem para Natal em um sonho inesquecível

Apenas R$17

As tradições gastronômicas dos pratos típicos do Rio Grande do Norte

Quem visita Natal/RN sabe que não existe uma iguaria principal no estado potiguar.

Isso porque a região concentra sua culinária em uma cultura diversa, como a alemã, a portuguesa e a italiana.

Logo, os turistas experimentam uma mistura harmônica entre os ingredientes, como a batata inglesa com azeite de dendê ou o arroz com queijo coalho.

É impossível sair dessa viagem sem provar a culinária nordestina do Rio Grande do Norte.

Mas para você ter certeza de que vai aproveitar muito bem a sua estada, aqui vai uma lista com as comidas típicas da região. Bom apetite!

Quais comidas são típicas da cidade de Natal/RN?

1. Paçoca de carne de sol, prato típico popular do Rio Grande do Norte

Se você imaginou um prato com carne e amendoim, saiba que se enganou. A paçoca no RN difere de outros estados: é a carne desfiada e misturada com farinha de mandioca.

Esse é um dos pratos muito comuns no Nordeste e bastante popular entre o povo potiguar, tendo um bom tempo de estrada: mais de 400 anos. Antigamente, a carne para ser melhor conservada era exposta ao sol, por isso o nome curioso.

O tempero fica por conta do alho, cebola, coentro, cebolinha e manteiga, e pode acompanhar outros pratos, como churrasco, arroz branco, peixes, por exemplo.

Além disso, a paçoca de carne de sol pode servir de entrada ou tira-gosto.

2. Baião de dois

O prato típico do Nordeste é esse tal de baião de dois.

A mistura tradicional do arroz com feijão foi criada na Paraíba, mas tem uma variedade no Ceará. Já no Rio Grande do Norte é comum ver essa iguaria acompanhando churrasco, por exemplo.

A receita dele é muito simples: o feijão é cozido sem temperos, e assim que ele está quase cozido é adicionado o arroz com todos os temperos que merece (vale colocar carne também).

Com tudo pronto, é a vez de acrescentar pedaços generosos de queijo coalho e finalizar com nata fresca.

Só um adendo: nata azeda muito rápido, então é aconselhável consumir logo o baião de dois.

3. Ginga com tapioca

Ginga é como o peixe Manjubinha ou Manjuba é conhecido no Nordeste. Assim, o prato é uma tradição da praia da Redinha e faz parte do cardápio de toda a região litorânea.

De fato, o peixe é bem pequeno, tem cerca de 15 cm de comprimento e costuma ser assado na brasa ou na grelha.

Já a tapioca é um ingrediente tipicamente nordestino e originado das antigas civilizações indígenas. É usada para embalar recheios variados e, nesse caso, a Ginga.

Então, após lavar, temperar com azeite de dendê e fritar o peixe, é feito o preparo da tapioca na frigideira, de modo que ela fique lisinha.

Em seguida, com tudo pronto, basta embalar os Gingas dentro da massa de tapioca, como se fosse um sanduíche.

4. Bobó de camarão

pratos tipicos do rio grande do norte - bobó de camarão
Créditos de imagem: Luciano Neves (TripAdvisor)

Os ingredientes mais comuns para preparar um delicioso prato nordestino são os frutos-do-mar.

Então, os turistas que visitam a capital precisam experimentar o famoso bobó de camarão, feito a partir do purê de macaxeira (como é chamada a mandioca no Nordeste).

Mais uma vez o azeite dendê entra no páreo e divide a atenção com o gengibre e, claro, os camarões frescos.

Toda essa mistura deliciosa termina em um bobó super cremoso e tentador.

Contudo, dá para deixar ainda mais cremoso: experimente banhar os camarões no leite de coco e depois finalizar com coentro para decorar. Receita irresistível!

5. Feijão-verde cremoso

Outra receita super cremosa da cozinha potiguar é o feijão-verde cremoso. Também conhecido como feijão-fradinho ou feijão-de-corda, a iguaria pode ser acompanhada da carne de sol.

Para deixar com aquela cremosidade sem igual, é adicionada a nata fresca, mas se tiver receio da receita azedar rápido por conta desse ingrediente, pode substituir por queijo coalho ou creme de leite.

De qualquer maneira, toda receita que leva algum item muito perecível deve ser consumido assim que o prato é feito. E duvidamos que essa comida demore a ser consumida, não é?

6. Escondidinho de carne de sol ou carne seca

pratos tipicos do rio grande do norte - escondidinho de carne seca
Créditos de imagem: AdrianaPimenta (TripAdvisor)

Esse é mais um prato comum no Rio Grande do Norte e que é quase impossível não encontrar nos melhores restaurantes de Natal.

Assim como o bobó de camarão, o escondidinho de carne é preparado a base do purê de macaxeira, que esconde o recheio: pode ser carne de sol, carne seca, carne moída, frango, camarão, bacalhau, por exemplo, ou o que mais a imaginação permitir.

Para ajudar a gratinar essa deliciosa receita, é adicionado o queijo coalho – ele está presente em quase tudo, não é?

7. Caranguejada

pratos tipicos do Rio Grande do Norte - caranguejada
Créditos de imagem: Bruno Ananias (TripAdvisor)

Outro crustáceo famoso no prato de quem vive no Rio Grande do Norte, sem dúvidas, é o caranguejo.

O visual da caranguejada cheia de caldo lembra uma peixada e é comum ser consumida sozinha ou acompanhada de pirão, ou porção de arroz.

Inclusive, por ser um alimento típico de Natal, é comum encontrar a unidade à venda. O que não dá é passar pelas cidades do Rio Grande do Norte sem provar esse crustáceo.

8. Carne de carneiro

A segunda carne mais popular do Rio Grande do Norte, ficando atrás da carne de sol.

A carne de carneiro pode ser preparada de várias maneiras: na brasa, assada ou até substituir o bode no preparo da tradicional buchada.

Para quem vive no sertão, o arrumadinho de carne de carneiro é bastante comum. É feito com purê de jerimum no lugar da macaxeira.

Já para quem é adepto de um bom churrasco, a carne de carneiro pode ser deixada marinando no vinho branco de um dia para o outro. Fica uma delícia!

9. Cuscuz potiguar

Nada de cuscuz paulista ou cuscuz com tapioca e leite de coco.

O cuscuz varia de estado para estado, e esse é um pouco diferente no Nordeste. Ele parece um bolo feito com massa flocada de milho.

É possível fazer um acompanhamento com doces e salgados, inclusive com ovos fritos – o famoso cuscuz com ovo –, diferente de outras regiões onde é mais comum consumir sozinho.

10. Arroz de leite

Parecido com o arroz-doce pela sua cremosidade, o arroz de leite é, na verdade, salgado.

O prato típico do Rio Grande do Norte tem essa forma leitosa e sua forma de preparo não é muito diferente do tradicional arroz branco.

Além da cebola, alho e azeite, tudo o que os nordestinos fazem é adicionar o leite quando o arroz está quase cozido.

Assim, o arroz termina de cozinhar no leite, dando-lhe o aspecto leitoso e suculento do arroz de leite.

11. Peixe à moda potiguar

Visitar Natal/RN e não saborear a gastronomia típica da região, é até pecado.

Até porque, qualquer cidade litorânea tem como carro-chefe os frutos-do-mar, peixes e mariscos. Então, mesmo para quem não é fã, fica difícil resistir ao aroma da comida.

Sendo assim, a dica é experimentar o peixe à moda potiguar. A iguaria pode ser feita com qualquer peixe, mas é aconselhável usar o Cioba ou Pargo por possuírem uma carne avermelhada, esteticamente mais interessante.

Pode ser servido com macaxeira frita, arroz branco, salada de tomate e cebola, farofa ou rodelas de abacaxi, ou laranja.

12. Cartola, a sobremesa de banana e canela

pratos tipicos do rio grande do norte - cartola
Créditos de imagem: Fernanda Acioly (Flickr)

Uma sobremesa popular nas regiões potiguares é a cartola, feita de banana, canela, açúcar e queijo. Para quem já viu banana frita com canela, precisa experimentar essa versão tipicamente nordestina.

As bananas, depois de fritas, são polvilhadas com açúcar para dar o efeito caramelizado. Isso já dá água na boca, certo?

Mas agora vem o pulo do gato para deixar a receita ainda mais irresistível: as bananas recebem uma camada de queijo coalho, finalizadas com açúcar mascavo e canela.

Pensa que acabou? O prato é levado ao forno para derreter um pouco o queijo e pode ser servido, em seguida, com sorvete.

As comidas típicas de Natal não acabaram!

Camarão, ginga com tapioca, escondidinho de carne seca, feijão-de-corda, frutos-do-mar – tudo isso é uma maravilha para quem ama a gastronomia do Nordeste, não é?

Mas a culinária do Rio Grande do Norte não está restrita aos pratos salgados, e isso nós vimos com a cartola, o doce de banana caramelizado.

As cidades nordestinas estão repletas de sobremesas deliciosas, como a clássica rapadura (de cana-de-açúcar, mel, doce de leite) e o bolo de macaxeira.

Então, antes de finalizar o post de hoje, vamos selecionar alguns doces que fazem parte da lista de comidas prediletas do nordestino. Confira:

  • Açaí com granola, confete, bala de goma, frutas e leite condensado, por exemplo;
  • Cocada preta e branca;
  • Sorvete de tapioca;
  • Mousse de limão ou maracujá;
  • Paçoquinha.

O café da manhã dos potiguares, para se ter uma ideia, também tem a tapioca e a macaxeira, dois ingredientes comuns na cozinha nordestina.

Gostou da nossa lista de pratos típicos do Rio Grande do Norte? Então continue navegando no site para conferir mais novidades desse estado nordestino

Não Transforme sua Viagem para Natal em um Pesadelo...

Guia Infalível sobre Natal com dicas de hotéis, restaurantes e todos os pontos turísticos.

Monte um Roteiro Perfeito para Natal em Apenas 60 Minutos - por apenas 17 reais