Natal em maio: como aproveitar durante o mês?

Viajar para Natal em maio pode ser uma oportunidade de conhecer os melhores lugares da capital potiguar sem a agitação de dezembro. Afinal, é justamente na época de baixa temporada que as passagens aéreas para Natal em maio estão muito mais baratas.

No entanto, a dúvida que muitos viajantes têm antes de viajar é sobre o clima em Natal no mês de maio. Como a capital recebeu o nome de Cidade do Sol, por seus 300 dias de sol, é normal se perguntar quando chove em Natal.

O clima na cidade varia entre 21 ºC e máxima de 30 ºC nessa época do ano, podendo chover durante o dia. Entretanto, nada que possa atrapalhar a viagem para Natal em maio, já que há muitos atrativos que não podem ser ignorados.

Por isso, nós do Mala Pronta Natal vamos te ajudar a descobrir a capital do Rio Grande do Norte no mês de maio, seus atrativos e vantagens de viajar na baixa temporada. Vem com a gente!

Guia completo para transformar sua viagem para Natal em um sonho inesquecível

Apenas R$17

Como aproveitar a viagem para Natal em maio?

vista aérea da praia e lagoa em Natal em maio
Créditos de Imagem: Klaus Fuchs (Flickr)

Os turistas solteiros ou casados têm muito a aproveitar o Natal em maio. Ainda que haja possiblidade de chuvas, a capital do Rio Grande do Norte não tem só praias caribenhas; tem parques, florestas, lojas de artesanato, restaurantes e bares para desfrutar a viagem.

No entanto, caso a intenção seja viajar com crianças para Natal, é bom prepará-las para esse período, já que muitas crianças adoram a agitação comum do verão.

Sem mais delongas, vamos descobrir o que fazer em Natal no mês de maio. Vamos lá!

Apreciar a vida marinha de Perobas e dos Parrachos de Maracajaú

natal em maio - parrachos de maracajaú
Créditos de Imagem: Bruno Soares dos Santos (Flickr)

Uma das coisas mais lindas e deslumbrantes de visitar Natal é chegar perto da natureza marinha das praias paradisíacas da cidade.

Se você vai visitar a praia de Maracajaú, não deixe de conhecer as piscinas naturais, chamadas de Parrachos. As águas são profundas e é possível mergulhar para ver e tocar nos peixinhos e corais que lá vivem.

A ida até os Parrachos de Maracajaú é feita por meio de um catamarã ou lancha. O passeio tem horário de partida e você pode escolher entre os dois meios de locomoção: enquanto o catamarã é mais lento e seguro, a lancha é mais rápida, mas balança mais.

Já a praia de Perobas também tem lá seus encantos. Muitos chamam de Parrachos as piscinas naturais de Perobas, mas, na realidade, ela é um arrecife. Parrachos são os de Maracajaú e Rio do Fogo.

De águas mais rasas que em Maracajaú, a praia de Perobas traz a vida marinha mais próxima da superfície, então você nem precisa mergulhar fundo para contemplar os corais.

Isso sem contar que essa praia é mais propícia para tomar um banho, pois ela se assemelha a um piscinão. É pura beleza!

Fazer trilha no Parque das Dunas

natal em maio - parque das dunas
Créditos de Imagem: Viktor (Flickr)

Se tem um lugar especial para sentir a natureza longe das praias de Natal, é no Parque das Dunas. O local é a segunda maior reserva natural da Mata Atlântica brasileira e é um espaço perfeito para os amantes da natureza.

Também conhecido como Bosque dos Namorados, a reserva florestal possui 1.172 hectares e foi declarado Patrimônio Ambiental da Humanidade. É também um dos melhores parques da América do Sul, com mais de 50 espécies de árvores e plantas nativas da Mata Atlântica.

Todo esse clima de natureza reserva ao turista três tipos de trilhas para cada grupo de pessoas, são eles:

  • Crianças a partir de cinco anos e adultos sedentários: Trilha da Perobinha, com 800 metros de extensão e duração de 40 minutos;
  • Adolescentes e adultos: Trilha da Peroba, com 2.400 metros de extensão e 1h30 de percurso;
  • Adultos com preparo físico: Trilha de Ubaia-Doce, com 4.400 metros de percurso e 2h30 de caminhada.

Há também área infantil, biblioteca, sala de exposição e lanchonete. É um lugar bem aconchegante e perfeito para pequenos e grandes aventureiros.

Comer os pratos típicos do Rio Grande do Norte

natal em maio - caranguejada típica local
Créditos de Imagem: rafa medeiros (Flickr)

Além de praias lindas, o que mais atrai turistas para Natal em maio e em qualquer época do ano é a gastronomia local. A culinária é diversa e você encontra não só comida nordestina como também a cozinha mediterrânea, italiana e japonesa.

Há diversos restaurantes espalhados pela cidade, principalmente próximos às praias. A dica é aproveitar para comer e beber nos principais pontos de Ponta Negra.

Por lá, há restaurantes e beach clubs, como na rua Erivan França, na rua Eng. Roberto Freire, ou na Av. Praia de Ponta Negra.

Veja abaixo onde ir para saborear a melhor comida em Natal, todos em Ponta Negra:

  • Casa de Taipa;
  • Mangai Ponta Negra;
  • Camarões Potiguar;
  • Mazzano;
  • Aloha Beach Club.

Os barzinhos também têm vez em Natal. Veja alguns recomendados:

  • Curva do Vento, em Ponta Negra;
  • Bar do Suvaco, em Tirol;
  • Real Botequim, em Capim Macio.

O que comer em Natal?

  • Caranguejada;
  • Bobó de camarão;
  • Feijão verde cremoso;
  • Paçoca de carne de sol;
  • Ginga com tapioca;
  • Escondidinho de carne seca;
  • Cuscuz potiguar;
  • Cartola (sobremesa de banana e canela);
  • entre outros.

Há pizzas no restaurante Mazzano e rodízio de camarão na Trilha do Camarão. A propósito, visitar a Cidade do Sol e não experimentar todo tipo de camarão (à milanesa, ao molho branco, no abacaxi ou no coco, etc) é até pecado, viu?

Fazer comprinhas e valorizar o artesanato local

natal em maio - artesanato
Créditos de Imagem: Ana Claudia Souza Lima (Flickr)

Na orla de Ponta Negra, próximo ao Morro do Careca, há diversos restaurantes, bares e comércio em geral. O artesanato é bastante forte em Natal e muito valorizado, então vale dar uma passadinha por lá e comprar algumas coisas.

A dica é visitar o Mercado Ponta Negra e conhecer sua variedade de produtos nordestinos, tais como cachaças artesanais, cocadas, queijos, temperos e peças de artesanato.

Além disso, as castanhas são diversas e tem as versões caramelizadas com café, pimenta, gergelim e com leite em pó, além de assada, in natura ou banhada em chocolate. Difícil resistir, né?

Como pode ver, o mercado é repleto de produtos tipicamente do Nordeste, apesar de pequeno. Além disso, é acolhedor e pertinho da praia de Ponta Negra.

Portanto, não deixe de conferir e comprar umas lembrancinhas para seus parentes e amigos.

Conhecer os principais pontos turísticos de Natal

Ponte Newton Navarro em Natal RN
Créditos de Imagem: Marcio Rogério (Flickr)

Mesmo na baixa temporada, vale a pena conhecer as praias mais famosas de Natal, como a praia de Pipa, Genipabu, praia dos Artistas, e claro, a praia de Ponta Negra.

Para entender a fama dessa praia, ela é tão famosa quanto a praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Porém, assim como a capital carioca, a cidade do Rio Grande do Norte também abriga muitas outras praias que merecem sua visita.

A praia de Genipabu, por exemplo, é perfeita para um passeio de buggy ou dromedário pelas dunas. O passeio mais longo e completo, que dura cerca de 8 horas, dá direito a conhecer 9 praias, 3 lagoas e 3 parques. Incrível, né?

Já a praia dos Artistas é perfeita para quem deseja sossego e também para os mais agitados. Isso porque a praia tem uma parte mais calma e outra mais badalada, com mais bares e turistas.

A região de Pipa é um verdadeiro cenário paradisíaco. Com ótima infraestrutura, Pipa é ideal para aventureiros que queiram contornar as falésias de buggy, ou para os baladeiros, que amam as festas temáticas, bares e restaurantes. Tem para todos os gostos!

Mas, saindo um pouco das categorias de praias, há outros pontos turísticos que merecem ser visitados em maio, veja logo abaixo.

Centro de Turismo de Natal

Um ótimo lugar para fazer compras é no Centro de Turismo de Natal. Longe do clima das praias, é lá onde muitos turistas também compram em diversas lojas espalhadas pelo local.

Lá você também encontra o Museu de Arte Sacra e a Catedral Metropolitana, além de ter uma visão privilegiada do Forte dos Reis Magos.

Além disso, o Centro tem história: ali já foi orfanato, residência e penitenciária. Quem vê as lojas nem imaginam que elas estão situadas onde funcionavam as celas do presídio. Então, é algo histórico e que vale a pena incluir em seu roteiro de viagem a Natal em maio.

Forte dos Reis Magos

Outro ponto histórico de Natal é o Forte dos Reis Magos e a praia do Forte. Antigamente, o local era usado para vigiar o território contra invasores.

Construído no final do século 16 e pronto três décadas depois pelos portugueses, o Forte abriga os canhões originais daquela época, o que também torna o passeio ainda mais fascinante.

Uma dica é percorrer os 500 metros de distância até a Fortaleza com ajuda de um guia turístico, pois assim é melhor para conhecer a história por trás do monumento, como os canhões e os alojamentos.

Baía Formosa

A maior reserva da Mata Atlântica se encontra em Natal, conhecida como Mata da Estrela. Com mais de 2 mil hectares, a Baía Formosa fica entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte e, mesmo restrita, é possível conhecer suas trilhas, fauna e flora.

Há praias semi desertas, enormes falésias, lagoas e um dos cartões-postais da região: a Baía dos Golfinhos. Se quiser conhecer, aproveite para tirar fotos desse Patrimônio tombado pelo estado do Rio Grande do Norte e sua incrível paisagem.

Economizar: a palavra-chave ao viajar para Natal em maio

Uma das principais vantagens de viajar para Natal em maio é o preço das passagens aéreas. Como a demanda não é a mesma da alta temporada, é possível pagar passagens mais baratas.

Os adeptos de programas de fidelidade ainda podem conseguir preços mais em conta ou juntar pontos para o próximo destino.

Mas não pense que a economia para por aí. Veja onde mais você pode fazer uma boa economia.

Alimentação

Todos os lugares mais procurados por turistas quando viajam a Natal entre outubro a fevereiro também ficam mais acessíveis ao bolso em maio.

Restaurantes e bares, por exemplo, que costumam lotar na alta temporada e até demorar a atender todos os pedidos de forma mais ágil, reduzem os preços.

Além disso, o atendimento é mais rápido, o que dá mais vontade de continuar no local para saborear mais pratos. Isso porque, quando você experimentar a comida regional, vai querer repetir, viu?

Hospedagens

No que diz respeito as hospedagens, não têm muita diferença. Os preços realmente despencam porque a procura pela cidade é baixa nessa época do ano.

Casas, apartamentos e pousadas têm em tudo que é parte de Natal, mas é em Ponta Negra que se concentra a maioria das estadias para os turistas.

Alguns dos mais recomendados lugares para se hospedar, são:

  • Hostel e Pousada Terra de Minas;
  • Pousada Mar & Brisa;
  • Pousada América do Sol;
  • Natal Paradise.

Muitas dessas pousadas em Natal oferecem café da manhã e outras refeições. Contudo, faça uma pesquisa para saber qual a melhor localização para você e se o local escolhido tem todas as características que você busca em uma estadia.

Então, vai viajar para Natal durante o mês de maio?

Depois de nossas dicas sobre como aproveitar Natal em maio, chegou a hora de decidir se é uma boa época para você viajar. Já sabe que tranquilidade, boa comida, lindas paisagens e atrações sem igual são coisas que você vai encontrar na Cidade do Sol, né?

Por isso, enquanto você pensa em todas as nossas recomendações deste post, descubra o que levar para Natal. Um guia completo para você se organizar e saber exatamente quais itens carregar na mala. Boa viagem!

Não Transforme sua Viagem para Natal em um Pesadelo...

Guia Infalível sobre Natal com dicas de hotéis, restaurantes e todos os pontos turísticos.

Monte um Roteiro Perfeito para Natal em Apenas 60 Minutos - por apenas 17 reais