Natal em julho: como aproveitar durante o mês?

Está pensando em ir à Natal em julho? Esta é uma excelente ideia e, neste artigo, te contamos o porquê.

Ao fazer algumas pesquisas sobre os melhores momentos do ano para visitar a capital do Rio Grande do Norte, você lerá que chove bastante em Natal em julho. De fato, os meses de junho e julho são conhecidos pelas chuvas, o que não significa que você não possa se divertir na cidade por causa disso.

Ao longo do texto, falaremos sobre passeios e atrativos que você pode conhecer mesmo quando estiver chovendo. Dessa forma, você poderá conhecer bastante dos encantos da cidade.

Uma outra justificativa interessante para continuar com o plano de visitar Natal em julho é que, por conta de o mês fazer parte da média-baixa temporada e ser mais chuvoso, as passagens de avião costumam ser vendidas a preços mais baixos.

Para quem está com o orçamento mais enxuto, essa é uma boa notícia. Você pode comprar a viagem por preços mais baixos e conhecer um dos destinos turísticos mais encantadores do país.

Para finalizar esse apanhado geral de razões para continuar insistindo no sétimo mês do ano, lembre-se que, em julho, as temperaturas são mais amenas em Natal. Elas contam com mínimas de 21 ºC e máximas de 28 ºC.

Se você é alguém que não é muito fã de temperaturas altas demais, características do verão nordestino, visitar o RN em julho é uma excelente pedida!

Dito isso, agora passaremos a falar sobre 6 pontos para contemplar em sua viagem se for à Natal em julho. Leia com atenção para planejar dias inesquecíveis para você e quem te acompanhar na ida à Cidade do Sol!

Guia completo para transformar sua viagem para Natal em um sonho inesquecível

Apenas R$17

Como aproveitar Natal em julho da melhor maneira possível? 6 pontos para planejar a sua viagem!

Os pontos que destacamos a seguir podem fazer parte da sua viagem tanto em dias de chuva quanto em dias de sol. Basta ler sobre cada um para adaptar a sua programação a depender da previsão do tempo para cada dia.

Seja como for, não faltará o que fazer ou visitar!

1. Um lugar em que o calor gostoso predomina mesmo no inverno

Mais acima, destacamos que julho geralmente é um mês mais chuvoso que os demais em Natal. No entanto, se compararmos essa questão a outras capitais e lugares do Brasil, a capital continua sendo extremamente atrativa.

Em julho, o calor não é tão forte quanto nos outros meses do ano. Para os turistas, é muito legal visitar Natal na alta temporada, em que o céu está sempre limpo, mas o calor é bem mais intenso e algumas pessoas não se adaptam ao clima do verão nordestino.

Por outro lado, quem não gosta nada de frio costuma procurar por destinos mais quentes para curtir as férias de inverno. Esse não é um clima que se encontra facilmente no Sul ou no Sudeste do país. Porém, no Nordeste é fácil passar duas semanas no calor mesmo estando na metade do ano.

Assim sendo, se você quer um destino com temperaturas relativamente altas para curtir o calor por alguns dias de inverno, vá para Natal. Tanto a capital quanto seus arredores contam com diversas programações interessantes para fazer da sua viagem um momento inesquecível.

2.  A beleza estonteante das praias e lagoas

Veja bem: não é porque julho é um mês mais chuvoso que vá chover em todos os dias da sua viagem. A probabilidade de pegar alguma chuva é grande, mas não todos os dias. Portanto, se você for a natal em julho, é muito provável que você consiga curtir muitas praias e lagoas em belos dias de sol.

Inclusive, a capital do Rio Grande do Norte é conhecida como “Cidade do Sol” ou ainda “Noiva do Sol” justamente porque o sol costuma brilhar o ano inteiro.

Trata-se de uma cidade com um dos maiores registros de dias de sol do país. Portanto, confie na reputação de Natal e você vai se surpreender com banhos de praia e lagoa muito gostosos.

Falando em lagoas e praias, lembre-se que Natal e região contam com várias localidades bacanas para visitar! Assim sendo, você não precisa se restringir às praias da capital, apenas.

É possível se planejar para fazer um tour pelas praias de cidades próximas como Nísia Floresta, Tibau do Sul e Extremoz.

Como existem muitas opções para escolher, recomendamos algumas abaixo:

Praia de Ponta Negra

Se estiver em Natal, não deixe de conhecer a Praia de Ponta Negra. Nela ficam alguns dos cartões postais mais marcantes da cidade, como o Morro do Careca. Além disso, a praia conta com uma excelente infraestrutura para receber turistas.

Na região, há bastante hotéis, restaurantes e bares em que é possível conhecer muito da boemia de Natal.

Praia do Forte

Outro destino que vale a pena visitar na capital é a Praia do Forte, em que é possível passear pelo Forte dos Reis Magos.

O lugar é lindíssimo, carregado de história e excelente para banho principalmente se você estiver com crianças. A formação de piscinas naturais com água morna traz muita gente para curtir uma praia por lá.

Outro atrativo que leva pessoas à Praia do Forte é a vista privilegiada que o local tem para a Ponte Newton Navarro, outro cartão postal da cidade.

Nísia Floresta

Por fim, caso queira conhecer as lagoas da região, reserve um dia para fazer um famoso passeio pelas lagoas de Nísia Floresta.

O município é famoso por contar com inúmeras lagoas de água cristalina em que é possível praticar vários esportes aquáticos e fazer o famoso passeio de buggy tão característico do Estado.

3. O pôr do sol mais bonito do Brasil

Um atrativo de Natal que você pode ver de quase qualquer lugar, mas fica ainda mais especial se você se cercar de natureza, é o pôr do sol.

Há inúmeros lugares para você conferir esse espetáculo, principalmente praias, lagoas, dunas e falésias. Para que você não precise procurar, listamos alguns dos lugares mais famosos para assistir o sol se pôr em Natal e em cidades da região!

Em Natal:

  • Praia de Ponta Negra,
  • Ponte Newton Navarro,
  • Canto do Mangue,
  • Pedra do Rosário,
  • Rio Potengi,
  • Clube de remo,
  • Parque da cidade.

Fora de Natal:

  • Lagoa de Guaraíras,
  • Praia do Amor,
  • Praia de Tourinhos.

4. A infraestrutura da cidade

Falamos agora de um ponto que é não se afeta facilmente com a presença de chuva. Estamos falando da infraestrutura da cidade, que proporciona ao turista várias experiências que não necessariamente se ligam a atrativos como praias, dunas e lagoas!

Por incrível que pareça, há muito para conhecer na capital do Rio Grande do Norte e a cidade está preparada para receber você.

Para começo de conversa, é importante falar sobre os locais em que você pode se hospedar, que são muitos. Para ter uma viagem bacana, você pode ficar tanto em um hotel de luxo quanto em um Airbnb mais intimista. Tudo vai depender do seu orçamento e de como você espera ser recebido.

Um segundo ponto de infraestrutura que vai encantar você são os muitos restaurantes, bares e baladas que você encontrará.

Natal é uma cidade bastante boêmia, com uma noite agitada. Se por lá há muito o que fazer ao ar livre, não se esqueça que a programação “entre quatro paredes” também é bastante atraente.

Nesses locais, você pode conhecer pessoas novas, aprender a dançar forró, curtir apresentações musicais ao vivo e se deliciar com a gastronomia local, sobre a qual falaremos mais adiante.

Vale ressaltar que você curtirá todos esses lugares com bastante segurança, principalmente nos locais em que a presença de turistas é mais robusta. Por exemplo, as praias e lagoas mais famosas costumam ser lugares muito seguros.

5. A gastronomia singular e apaixonante

A gastronomia de Natal é tão encantadora que merece um tópico exclusivo. O povo do Rio Grande do Norte é excepcional na recepção de turistas e você verá que isso é verdade desde o momento em que você coloca os pés em um estabelecimento.

Em Natal, comer não é apenas algo que se faz para matar a fome. Comer é uma experiência completa, que fica mais rica a partir do contexto.

Por esse motivo, é importante que você selecione com sabedoria os locais em que irá fazer as suas refeições quando estiver no Rio Grande do Norte.

Para os mais conservadores

Se você gosta de apenas um tipo de comida e é mais conservador com aquilo que ingere, não se preocupe.

Existe toda uma Natal que se prepara para oferecer um cardápio variado com gastronomias de vários lugares. É possível encontrar restaurantes excelentes que servem pizza, massas e comida japonesa.

Para os mais aventureiros

Porém, se você quer mergulhar de verdade no universo nordestino, ouse experimentar coisas novas. A gastronomia do Rio Grande do Norte é rica em sabores, texturas, ingredientes e temperos.

Algumas receitas são totalmente inovadoras, como o bobó de camarão, o feijão verde cremoso e a paçoca de carne de sol. Contudo, algumas são adaptações de receitas que nós já conhecemos, de modo que são excelentes maneiras de ser introduzido à culinária local.

Por exemplo, talvez você não se sinta tentado à experimentar a paçoca de carne de sol. Entretanto, é possível experimentar o ingrediente em uma pizza de carne de sol, que é uma mistura do que você já conhece com o desconhecido.

Em Natal, você encontrará facilmente restaurantes e barracas de praia em que é possível encontrar opções que agradarão ao gosto de todos. Porém, mesmo assim, fazer uma boa pesquisa é muito interessante para você já conhecer os locais sabendo o eles servem.

6. As aventuras inesquecíveis

Quando falamos sobre a culinária de Natal, apresentamos opções para os turistas mais reservados no que diz respeito à comida e opções para os turistas aventureiros e arrojados que não têm medo de experimentar tudo que o local tem a oferecer.

Para quem quer viver aventuras, Natal é um prato cheio e não estamos falando de comida, necessariamente.

Esportes aquáticos e aventuras radicais

O ramo dos esportes aquáticos e radicais faz muito sucesso na região, seja pela abundância de praias e água, seja pela quantidade de dunas maravilhosas, sempre presentes.

A fim de transitar entre as praias e lagoas, muitas vezes é necessário se transportar de buggy, o que rende passeios “com emoção ou sem emoção”. Esse é um dizer comum para quem trabalha com esse tipo de transporte, então já espere por aventura até mesmo em uma coisa tão simples quanto ir de um lugar para o outro.

Além dos passeios, você ainda pode praticar uma série de esportes e atividades a depender do local onde está.

Algumas opções são:

  • Surf;
  • Esqui-bunda;
  • Aero-bunda;
  • Windsurf;
  • Stand up paddle;
  • Kitesurf;
  • Mergulho;
  • Ultraleve.

Em dias de muita chuva e tempo fechado, é possível que você encontre algumas restrições para a prática das atividades. Contudo, lembre-se que a chuva não é incessante e há dias de sol em Natal em julho! Assim, se planeje para ter momentos de muita aventura, diversão e esportes radicais quando viajar.

Por fim, vale destacar que uma outra atividade muito valorizada pelos viajantes é a prática de trilhas, o famoso trekking.

Como o Rio Grande do Norte tem uma vegetação de duna e restinga bastante predominante, as trilhas têm uma paisagem completamente diferente da que encontramos nos outros lugares do país. Portanto, a prática esportiva se torna ainda mais interessante pela diferença e também pela diversidade.

Então, vale a pena ir para Natal em julho?

Esperamos ter deixado evidente o quanto uma viagem para Natal em julho pode ser incrível! Apesar da previsão de chuvas para o mês, não chove todos os dias.

Além de poder esperar dias de sol, você conta com temperaturas mais amenas, uma infraestrutura espetacular, um povo receptivo e experiências marcantes em qualquer coisa que for fazer. Alimentar-se é uma experiência completa, bem como uma simples ida à praia ou um pôr do sol.

Em Natal, nada é ordinário. Absolutamente tudo é espetacular.

E falamos isso em qualquer mês do ano, incluindo julho. Cada mês tem suas especificidades, facilidades e complicações. Na alta estação as passagens estão mais caras e as praias mais cheias, por exemplo.

Decida o que é uma prioridade garantir e, então, decida qual o período mais adequado para a sua experiência ser inesquecível.

Não Transforme sua Viagem para Natal em um Pesadelo...

Guia Infalível sobre Natal com dicas de hotéis, restaurantes e todos os pontos turísticos.

Monte um Roteiro Perfeito para Natal em Apenas 60 Minutos - por apenas 17 reais